Estresse do planejamento de eventos: como gerenciar?

Trabalhar na indústria de eventos não é para qualquer um. De acordo com uma pesquisa feita pela empresa CareerCast em 2017, a profissão de organizador de eventos ocupa o quinto lugar no ranking das dez carreiras que causam mais estresse do mundo.

Este resultado foi baseado na análise de 11 fatores que foram identificados como contribuintes de estresse, que são: viagens, prazos, exposição pública, competitividade, demandas físicas, condições ambientais, riscos encontrados, sua vida ou de outros em risco, reunião e interação com os clientes e/ou o público e o potencial de crescimento do emprego.

Todos esses fatores se aplicam a quem trabalha na indústria de eventos.

Isso provavelmente não é uma surpresa: as pessoas que se destacam no ramo são aquelas que permanecem calmas e alegres, apesar da enorme pressão que sofrem.

E, enquanto algumas pessoas parecem saber como fazer isso naturalmente, o resto de nós pode precisar de uma pequena ajuda. Separamos quatro maneiras poderosas para ajudar a manter seu estresse sob controle.

Faça tarefas únicas

Embora isso nem sempre seja possível, tente evitar ser multitarefa, simplesmente porque isso é uma falácia. Os humanos não são realmente multitarefa, mas alternam rapidamente entre tarefas únicas. Cada vez que você alterna entre tarefas, você perde o foco e precisa de tempo para recuperá-lo, o que leva a um baixo desempenho, mesmo em tarefas mais simples.

Seja organizado, tenha uma lista de tarefas e uma estratégia, e tente arranjar tempo para fazer uma única tarefa ininterruptamente (especialmente para as coisas importantes). Sua eficiência vai aumentar, o que também ajudará a minimizar a pressão que você está sentindo.

Construa um bom time

Trabalhar com pessoas nas quais você pode confiar e depender removerá um grande peso dos seus ombros. Isso não inclui apenas sua equipe mais próxima, mas também os fornecedores que você usa, portanto, certifique-se de construir um bom time ao seu redor.

Pesquisas acadêmicas criaram o termo “o custo do conflito” para destacar os efeitos negativos que o atrito cria no local de trabalho. O efeito número um na lista é a contribuição para o estresse, a frustração e a ansiedade. Desenvolva boas técnicas de resolução de conflitos e garanta que qualquer problema que surja seja tratado rapidamente, em vez de deixá-lo ferver.

Cuide de si mesmo

Isso dificilmente é uma surpresa, mas se você cuidar do seu bem-estar, terá uma maior tolerância a situações estressantes. Como você também já deve saber, isso significa que você deve reservar tempo para se exercitar, seguir uma dieta saudável, beber muita água e evitar (ou pelo menos limitar) bebidas com cafeína e álcool.
Também é importante ter tempo para relaxar, meditar, tomar uma xícara de chá, assistir o nascer do sol ou ouvir sua música preferida – o que preferir.

Esses hábitos precisam durar o ano todo, e também devem permanecer durante os eventos que você está planejando.

Faça as pazes com o fato de que as coisas vão dar errado

Mesmo que você tenha planejado tudo até o último e minúsculo detalhe, a natureza dos eventos é que qualquer coisa pode facilmente dar errado.

Ter um plano B é ótimo, mas nem mesmo o melhor organizador de evento será capaz de antecipar todos os resultados possíveis. Fazer as pazes com essa probabilidade reduzirá significativamente seus níveis de estresse.

Planeje da melhor maneira possível e, em seguida, mantenha uma mente aberta e uma atitude flexível para que você possa aceitar rapidamente qualquer compromisso que tenha de fazer e seguir em frente.

A maioria dos convidados provavelmente nem notará e você pode se surpreender com o fato que, às vezes, os “erros” podem se tornar um destaque positivo do evento!


Escolher um bom lugar para fazer seu evento é uma peça-chave para diminuir o estresse do planejamento. No Expo D. Pedro, nós cuidamos de tudo para que o seu projeto seja um sucesso. Clique AQUI e peça seu orçamento agora mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.